domingo, 27 de maio de 2012

O poeta que há em mim

Chacal

o poeta que há em mim
não é como o escrivão que há em ti
funcionário autárquico

o profeta que há em mim
não é como a cartomante que há em ti
cigana fulana

o panfleta que há em mim
não é como o jornalista que há em ti
matéria paga

o pateta que há em mim
não é como o esteta que há em ti
cana a la kant

o poeta que há em mim
é como o vôo no homem pressentido

Um comentário:

  1. Olá!!! parabens pelo trabalho!!! Um abraço.

    ResponderExcluir